PABIA DI AOS, Por Causa de Hoje

pabia_di_aos_

PABIA DI AOS, Por Causa de Hoje. Programa sonoro com Catarina Laranjeiro sobre o colonialismo, a guerra colonial e o neocolonialismo na Guiné-Bissau, sobre as memórias de uma guerra esquecida nos livros de história, sobre uma possibilidade de se repensar no que aconteceu e no que acontece actualmente nesta e noutras ex-colónias portuguesas.

Catarina Laranjeiro, Abril 2020: Este programa foi realizado por Fannie Vrillaud que generosamente me convidou a participar. É de 2014 e sobre o filme PABIA DI AOS que realizei na Guiné-Bissau em 2013. Fala sobre a Guiné-Bissau, sobre Portugal, sobre a guerra colonial que envolveu ambos os países e que teve o seu fim com a Revolução dos Cravos, que hoje comemoramos. Mas neste programa, falamos também sobre as desigualdades que persistem entre os dois países, e que sobreviveram ao fim da guerra, à democracia portuguesa e à independência da Guiné-Bissau. Naturalmente, que este não é um caso singular, e que as desigualdades e conflictos neo-coloniais de que falamos, marcam as relações entre os países africanos e da américa-latina e a Europa e a América do Norte. E não esquecemos que as mesmas desigualdades raciais e sociais estão também presentes no nosso país, cidade e bairro, acentuando-se gravemente nos tempos vulneráveis que atravessamos. Por isso, faz sentido repor hoje este programa. Comemorar Abril, lembrando aqueles a quem Abril ainda não chegou. Para que chegue o mais depressa possível!

“No documentário PABIA DI AOS é-nos mostrado o que ainda resta da guerra colonial quarenta anos depois, num país onde essa memória não é pacífica. De facto, aqueles que aderiram ao movimento de libertação e aqueles que lutaram no exército colonial põem em cena uma multiplicidade de discursos e memórias irreconciliáveis. Somos assim conduzidos a uma viagem que problematiza a herança colonial na Guiné-Bissau, problematizando o que ainda hoje permanece por se contar sobre os contornos desta guerra.” Catarina Laranjeiro

 

Esta peça sonora (2014), inserida no conjunto de programas sonoros ILHAS, é um relato baseado e ambientado por passagens sonoras do documentário PABIA DI AOS onde são ouvidos os discursos das pessoas que ficaram lá, longe. E uma leitura de trechos do livro Naus de António Lobo Antunes.

 

RAJADA produções.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: