Rebels on the Mov(i)e #42 | The Act of Killing

O golpe militar na Indonésia em 1965 deu início ao governo do General Suharto, após uma purga durante a qual cerca de meio milhão de pessoas foram massacradas como “comunistas” por paramilitares e mafiosos. A memória deste assassinato em massa é reavivada pelo realizador Joshua Oppenheimer, num filme notável e extremamente explícito.

Um documentário único com uma estrutura inteligente, nunca antes visto. Oppenheimer encontrou na Indonésia de hoje alguns dos assassinos desprezíveis e não arrependidos, agora avôs de cabelo grisalho, e convenceu-os a encenar os seus crimes mais hediondos de tortura e caos ao estilo dos seus géneros cinematográficos favoritos: filmes de gangsters, western, filmes de guerra, musicais. Eles ficam muito felizes e entusiasmados por fazê-los. Oppenheimer oferece-lhes a oportunidade de cozinhar na sua própria gordura, de tal forma que entram repetidamente em crises de identidade desencadeadas pelo absurdo das cenas que estão dispostos a filmar.
Apesar ou mesmo devido ao absurdo extravagante desta pantomima nauseante, a realidade do que aconteceu começa a amanhecer sobre os protagonistas do filme. É um filme que abana as entranhas: e um mergulho radical na história, compreendendo o passado de uma forma que um documentário convencional não o podia ter feito.

Publicado por Rádio Gabriela

powered by Sirigaita Crew

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: