DJionísio a sirigaitar pela Gabriela

DJionísio #6 – Os Três Porquinhos ou Histórias de Habitação

«Era uma vez os três porquinhos!O porquinho de cima era proprietário da sua casa, que era sólida, magnífica, e não caía.O porquinho de baixo morava numa barraca cheia de buracos, que estava sempre a cair.O porquinho do meio vivia numa casa alugada, o que podia correr bem ou mal, conforme os ventos da crise ouContinue a ler “DJionísio #6 – Os Três Porquinhos ou Histórias de Habitação”

#5 | Da loucura e da normalidade

Integrado na norma, normal, seguidor da norma, como deve ser, adaptado. Anormal,inadaptado, desintegrado, louco. Van Gogh, louco. Artaud, louco. Fora da normalidade. Expectável, normal, seguidora da fake-news tranquilizadora, integrada no sistema. Anormal, desintegrada, louca. Cassandra, louca. Fora do comum, diferente, imprevisto, incómodo. Loucura, atentado ao estado das coisas, atentado ao poder. Regresso à normalidade, eternoContinue a ler “#5 | Da loucura e da normalidade”

#4 | A quebra do rame-rame e da lufa-lufa

A quebra do rame-rame e da lufa-lufa e aquilo que as pessoas entre outras coisas sepuseram a fazer (durante uma quarentena). «Um dia vou compor uma música sobre o romper do dia no Alabama…» «Sim, sim,depois falamos disso melhor, mas agora não posso…» «Gosto tanto de pintar, mas nuncatenho tempo…» «Se eu soubesse fazer umContinue a ler “#4 | A quebra do rame-rame e da lufa-lufa”

Djionísio #3 – “O ponto de vista”, conto de Mário Dionísio

«Mas qual quê! Os carros passam numa bicha contínua sob a chuva, abrandam, quase param, mas parar não é com eles. Nenhum se digna dar-te tempo para entrares na bicha. Tens o pisca-pisca a funcionar. Desces o vidro e, apesar da chuva, estendes o braço numa ordem, numa súplica. Espera lá! Param tanto como tuContinue a ler “Djionísio #3 – “O ponto de vista”, conto de Mário Dionísio”

Djionísio #2

para encandear o domínio branco desembaciar o dia cinzento e sarapintar o futuro negro Um programa musical para ouvir, dançar, desenhar e conversar por cima, com as contribuições faladas de Bárbara Assis Pacheco, Clara Boléo, Cláudia Oliveira, F. Pedro Oliveira, Joana Louçã, João Rodrigues, Jorge Delmar, Margarida Rodrigues, Mariana Vieira, Nuno Moura, Pedro Rodrigues, RubinaContinue a ler “Djionísio #2”

DJionísio #1 – Uma cidade nova se constrói cariada

“Quando a cidade se começou a vender, as ruas já não tinham um desenho para eu chegar onde queria facilmente, as ruas passaram a dar saída só para museus, monumentos e lojas de galos de Barcelos». Um programa palavroso-musical feito para as segundas «Jornadas Cidade em revolta: Entradas e Saídas da Ruína Capitalista» (8 eContinue a ler “DJionísio #1 – Uma cidade nova se constrói cariada”

DJionísio a Sirigatar pela Gabriela

DJionísio faz programas para serem ouvidos. A maior parte são colagens de músicas, textos e
outras divagações sobre um mesmo tema ou com pretextos variados. Alguns são para ouvir
sentado, deitado ou pendurado pelos pés, outros são para dançar. Aqui se publica,
especialmente a pensar nes ouvintes da Rádio Gabriela, uma escolha de alguns desses
programas, já todos emitidos ao vivo em sessões diversas e/ou na Rádio Paralelo, e vários
deles escutados nas sessões «Ouvido de Tísico» feitas mensalmente na Casa da Achada –
Centro Mário Dionísio.